quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Ele tinha fé!


O homem que não tinha nada acordou bem cedo com a luz do sol já que não tem despertador. Ele não tinha nada, então também não tinha medo, e foi pra luta como faz um bom trabalhador. O homem que não tinha nada enfrentou o trem lotado às sete horas da manhã com sorriso no rosto, se despediu de sua mulher com um beijo molhado pra provar do seu amor e pra marcar seu posto. O homem que não tinha nada tinha de tudo: artrose, artrite, diabetes e o que mais tiver. Mas tinha dentro da sua alma muito conteúdo, e mesmo sem ter quase nada ele ainda tinha fé.